Roundtable
High-level European Nuclear Industry Roundtable on future European Research & Innovation priorities and on attracting talents in the nuclear sector
12 May
Online

Mesa Redonda organizada pela Comissão Europeia, com a participação da Comissária Europeia Mariya Gabriel, MCTES e CEOs de empresas europeias focada nas prioridades europeias de I&D na área nuclear e na atração de talentos para o setor.

 

PPUE debate o papel das tecnologias nucleares na investigação científica e a sua importância no combate ao cancro

A Comissão Europeia (CE), o Parlamento Europeu e a Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia organizam online esta quarta-feira, dia 12 de maio, pelas 12h30 (hora de Lisboa) a “High-level European Nuclear Industry Roundtable” que conta com a participação do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor (através de mensagem gravada), e da Comissária Europeia para a Inovação, Investigação, Cultura, Educação e Juventude, Mariya Gabriel.

Sob o tema “Future European Research & Innovation priorities and on attracting talents in the nuclear sector”, a mesa redonda reúne representantes de alto nível dos Estados-Membros, das instituições europeias e os líderes de empresas europeias cujas prioridades são desenvolver atividades de I&D na área nuclear e atrair profissionais altamente qualificados para o setor.

O Ministro Manuel Heitor abordará o compromisso de Portugal para com o objetivo europeu de promover as tecnologias nucleares na investigação científica e no combate ao cancro, referindo em particular a necessidade estimular o desenvolvimento da física médica.

Entre outros aspetos, o Ministro Manuel Heitor irá abordar a necessidade de instalar no espaço europeu uma rede de Clínicas Protónicas, com uma clínica para cada 10 milhões de habitantes, para o tratamento de doentes com cancro com recurso a terapias de feixes de partículas de elevada energia, a se basear numa rede assente na colaboração entre cientistas nucleares e os Serviços Nacionais de Saúde dos Estados-Membros.

Em Portugal esse compromisso está a ser planeado pela comunidade científica da área da Física e da Medicina Clínica em articulação com o Centro Europeu para a Investigação Nuclear (CERN) e em linha com a Missão Cancro do programa europeu Horizonte Europa.

A mesa redonda trata-se de uma oportunidade para CE, Estados-Membros e comunidades científica e industrial desenvolverem, em parceria, os programas de investigação e inovação no âmbito da Comunidade Europeia da Energia Atómica (Euratom) em articulação com o Horizonte Europa, tendo também em vista promover a inovação, impulsionar a economia, criar emprego científico e apostar no desenvolvimento da investigação nuclear e novas tecnologias neste domínio em áreas como a medicina, seja na prevenção como nos tratamentos, as infraestruturas de investigação, a inteligência artificial e a robótica.

Conheça o programa aqui.